Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

 O PIS 2019-2020 é um dos principais direitos do trabalhador brasileiro. Se você trabalhou por pelo menos 30 dias no ano de 2018, pode receber até um salário mínimo de abono salarial como calcular o PIS 2019. Confira como calcular o PIS 2019-2020.

O PIS é um dos principais direitos do trabalhador brasileiro que é pago anualmente, portanto, é preciso estar atento ao seu calendário de pagamento, para que assim, você saiba quando receber este benefício. O PIS 2019-2020 sofreu algumas alterações nos últimos anos, vamos conhecer algumas delas.

Vivemos hoje, um momento de incerteza no que se refere aos direitos dos trabalhadores. Com uma reforma previdenciária em vista e alguns direitos podendo ser retirados, o empregado formal fica preocupado em saber se continuará tendo direito ao usufruir de benefícios como FGTS ou até mesmo o PIS.

Por enquanto, as regras do PIS continuam valendo, mesmo que tenham sofrido algumas alterações nos últimos anos. Neste artigo você entenderá melhor este benefício e saberá até mesmo como calcular o PIS 2019-2020.

O que é o PIS

O PIS é a sigla para Programa de Integração Social e é um programa criado em 1970 com o objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego e abono salarial para empregados de empresas privadas.

O que recebemos todo o ano é o abono salarial do PIS, instituído através da Lei nº 7.998/90.

Como saber se tenho direito ao PIS

Você terá direito ao PIS 2019-2020 se atender certos requisitos, que são os seguintes:

  • A empresa deve ter entregue ao Ministério do Trabalho todos os dados relativos aos seus funcionários, entre eles o RAIS, que é a Relação Anual de Informações Sociais;
  • É necessário que o trabalhador forma esteja cadastro no PIS há pelo menos 5 anos;
  • Você não pode ter recebido mais de dois salários mínimos mensais, considerando a média de todo o ano de 2018;
  • Você precisa ter trabalhado de maneira formal, ou seja, com carteira assinada, por pelo menos 30 dias durante o ano de 2018.

Como calcular o PIS 2019-2020

Quando é o pagamento do abono salarial do PIS

Esta é a informação mais importante para você que busca o pagamento do PIS 2019-2019. Você já ouviu falar do calendário do PIS? Certamente que sim, afinal, esta é uma informação amplamente divulgada pela imprensa.

Geralmente, o pagamento é realizado a partir do mês de julho. Como são milhares de brasileiros aptos a receberem este benefício, se o Governo Federal liberasse todos ao mesmo tempo, as agências da Caixa não iriam dar conta de atender todo este público.

Para melhorar a forma de atendimento, o pagamento do PIS é feito de acordo com o ano de nascimento do beneficiário. Acompanhe as datas de pagamento para o PIS 2019-2020 e saiba a partir de quando você poderá efetuar saque:

Mês de nascimento Recebem a partir de Recebem até
Julho 28/07/2019 30/06/2020
Agosto 18/08/2019 30/06/2020
Setembro 15/09/2019 30/06/2020
Outubro 14/10/2019 30/06/2020
Novembro 21/11/2019 30/06/2020
Dezembro 15/12/2019 30/06/2020
Janeiro 19/01/2020 30/06/2020
Fevereiro 19/01/2020 30/06/2020
Março 16/02/2020 30/06/2020
Abril 16/02/2020 30/06/2020
Maio 16/03/2020 30/06/2020
Junho 16/03/2020 30/06/2020

Como calcular o PIS 2019-2020

Antigamente, bastava trabalhar 30 dias durante o ano para receber o valor integral do PIS. Porém, a Lei nº 13.134 de 16 de junho de 2015 alterou esta regra. Agora o pagamento é feito no mesmo molde do 13º salário, ou seja, você recebe de forma proporcional ao tempo trabalhado durante o ano.

Se você trabalhou durante 12 meses, você receberá um salário mínimo, ou seja, R$ 998,00. Agora se você trabalhou menos que isso, irá receber de forma proporcional, conforme os meses trabalhados:

  • R$ 998,00 para 12 meses trabalhados;
  • R$ 915,00 para 11 meses trabalhados;
  • R$ 832,00 para 10 meses trabalhados;
  • R$ 749,00 para 9 meses trabalhados;
  • R$ 666,00 para 8 meses trabalhados;
  • R$ 583,00 para 7 meses trabalhados;
  • R$ 499,00 para 6 meses trabalhados;
  • R$ 416,00 para 5 meses trabalhados;
  • R$ 333,00 para 4 meses trabalhados;
  • R$ 250,00 para 3 meses trabalhados;
  • R$ 167,00 para 2 meses trabalhados;
  • R$ 84,00 para 1 mês trabalhado.

Lembrando que, para receber o benefício é necessário ter trabalhado, no mínimo, 30 dias durante o ano.

Como sacar o valor do PIS 2019

Para sacar o PIS o trabalhador precisa ter o cartão do cidadão, um documento utilizado para realizar saques não só do PIS, mas também do FGTS.

De posse deste cartão, basta ir até uma agência da Caixa, agência lotérica ou até mesmo nos terminais de auto-atendimento. De posse da senha do seu cartão você estará apto a realizar o saque na hora de calcular o PIS 2019.

Se você não tem o cartão cidadão, basta ir até uma agência da Caixa com seu documento de identidade para fazer o saque.

Os trabalhadores que possuem conta corrente ou poupança na Caixa, recebem diretamente o valor na sua conta.

Gostou de como calcular o PIS 2019! Aproveite e compartilhe.

Como Calcular o PIS 2019-2020: Valor
5 (100%) 2 votes
Como Calcular o PIS 2019-2020: Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *